"Dois problemas se misturam: a verdade do universo e a prestação que vai vencer... Pare o mundo que eu quero descer!"

sexta-feira, 15 de julho de 2011

Futuro

Estou presente no meu futuro
E não há como fugir do mesmo
Um turbilhão de pensamentos
Muitas escolhas em pouco tempo
O que imaginei a longo prazo
Já está acontecendo
De um modo mais complicado
Percebo que estou crescendo
É impossível não sentir medo
A ansiedade explode por dentro
A velocidade exigida no momento
É alta demais para o meu sustento

Um comentário:

Marisa Figueiredo Bragalia disse...

A vida é mesmo um voar constante.